Matéria - MINHA VIAGEM A CIDADE DE DIAMANTINA - MG

MINHA VIAGEM A CIDADE DE DIAMANTINA - MG

01/07/2018

No período de 5 a 10 de julho estive junto com meu companheiro e amigo Bruno visitando a charmosa e romântica cidade mineira de Diamantina, em Minas Gerais, cidade esta que faz parte da Estrada Real. A cidade com suas igrejas, seus casarões, sua ladeiras, seu povo, sua comida, suas tradições, seu artesanato nos contagiou. Estivemos ainda a sorte do destino de pegar a festa do Centenário da Diocese na Catedral de Santo Antonio e também do SEMINÁRIO do Sagrado Coração de Jesus desta cidade. Também mais sorte ainda, vimos e participamos da Serenata nas ruas, da Vesperata, e do Sarau na Igreja de São Francisco. O tempo ajudou em tudo, vocês iram ver as fotos que captamos durante estes dias e nas atrações que degustamos. Fizemos amigos , desde a Carliana proprietária do Hotel nota 10 Jardim do Vale, é bem central, amamos ficar nele , também da maestrina Soraya do Sarau Arte Miúda , o Seminarista Gabriel, que nos levou a conhecer todo o seminário adentro, o artista plástico dos estandartes religiosos Marcelo Brant.Registrei a vendedora de pirulitos, coisa do meu tempo de criança. Adorei reviver isso. O passadiço uma atração a parte. A casa de Chica da Silva, do Presidente JK e as Igrejas centrais você tem obrigação de ir ver e se conseguir achar aberta e entrar, aproveita. Uma dica, lá pra visitar tudo paga, então sempre tenha na bolsa, 5 a 10 reais. As lojinhas com suas lembranças e artesanatos deixam a gente loco de vontade de comprar tudo. Também tem nos finais de semana as feirinhas de artesanato e comidas ao redor e dentro do Mercado Velho, não deixe de ir visitar. As serenatas acontecem geralmente a quintas-feiras no centro histórico. Já as vésperatas tem período certo e só tem 2 vezes ao mês. A noite tem as comidas típicas por um preço bem especial para o bolso, impossível não comer umas 3 de tantas opções. Diamantina é um município brasileiro do estado de Minas Gerais localizado na Mesorregião do Jequitinhonha.Sua população estimada em 2017 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística é de 48 230 habitantes. É a terra natal do ex-presidente da República Juscelino Kubitschek de Oliveira, de Henrique Dumont, do ator da Rede Globo Vladimir Brichta do cantor César Lacerda e MC Lan e de Domingos José de Almeida e onde viveu Chica da Silva. Apesar do grande número de turistas, a infraestrutura para receber visitantes é considerada inferior à de Ouro Preto, a primeira cidade no estado a ser reconhecida pela Unesco, e na capital de Minas, Belo Horizonte. Um grande gargalo é o trânsito, contando com uma frota local crescente e chegada de muitos carros nos fins de semana.] Diamantina é também conhecida por suas serestas e Vesperata, que é um evento em que os músicos se apresentam à noite, ao ar livre, das janelas e sacadas de velhos casarões, enquanto o público assiste das ruas.Um dos grandes impulsos turísticos de Diamantina é o famoso Parque Estadual do Biribiri,um lindo parque que esbanja grandes belezas e riquezas naturais,suas águas cristalinas e cachoeiras são magníficas, entre elas se destaca a Cachoeira das Fadas e a Cachoeira do Telésforo localizadas no distrito de Conselheiro Mata.Um grande marco histórico e turístico da cidade é o Centro Histórico de Diamantina,que guarda grandes lembranças do tempo Colonial,em destaques por seus grandes e belos casarões e igrejas coloniais que retratam um pouco do Século XVII.A cidade ainda se localiza no Vale da Serra do Espinhaço,o que dá um toque especial na cultura e no turismo de Diamantina. Também registro algumas festividades do Encerramento do Ano Jubilar da Arquidiocese de Diamantina, encenação da vida de Jesus e coroação de Nossa Senhora, parte da missa de Ação de Graças do Centenário de Criação. Fomos ver o Sarau na Igreja de São Francisco , maravilhoso, comovente, imperdível. A cerâmica em barro é contagiante, a chapeleira, a violeira, a amamentação, a namoradeira, o Espírito Santo , as guirlandas de flores secas, e as bonecas de Xica da Silva em palha são as mais procuradas para trazer de lembranças. Preciso de mais dias para conhecer tudo e os parques naturais , sem falar das cidadezinhas que ficam próximos e fazem parte da Estrada Real. Por isso vou voltar em Agosto de 2019 com um grupo para rever as maravilhas que vi e conhecer o que não pude desta vez. Já esta convidado. Anote em sua agenda e venha conosco. Vai amar. Curta as fotos que falam mais que palavras. E depois fala a verdade... tem que conhecer..tem que voltar. Tem que amar Minas Gerais , pois quem te conhece não esquece jamais. A letra da musica é pura verdade.